São Bento do Sapucaí

Atualizado: Jun 22





Município do Estado de São Paulo com localização privilegiada na Serra da Mantiqueira, região do Vale do Paraíba. Possui altitude de 886m e média altimétrica de 1.400 m acima do nível do mar. Considerado como uma Estância Climática, é um dos 12 municípios paulistas do Estado de São Paulo que cumprem requisitos para tal, garantindo assim verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional.




Repleto de belíssimas formações rochosas e inúmeras cachoeiras, São Bento do Sapucaí é o lugar perfeito para os amantes da natureza e prática de esporte ao ar livre, sendo bastante procurado por escaladores, amantes do ciclismo e praticantes de hiking e trekking em geral.




História


Inserida na época do bandeirantismo, quando os paulistas de Taubaté, seguindo o curso do Rio Sapucaí, cruzavam a Serra da Mantiqueira em busca da exploração do ouro em Minas Gerais.


O nome da cidade está ligado ao Rio Sapucaí-Mirim, que significa “rio que grita” na linguagem indígena, e ao santo padroeiro da cidade, São Bento, fundador da ordem dos Beneditinos, em expansão no Brasil na época de sua fundação.


Os nascidos em São Bento do Sapucaí são chamados sambentistas e tradicionalmente são católicos, herdando de seus antepassados muitas festas religiosas, celebradas na cidade.


Turismo


Complexo do Baú





O Complexo do Baú é uma formação rochosa gnáissica da Serra da Mantiqueira intitulado Monumento Natural Estadual (MONA), cujo ponto culminante é a Pedra do Baú, com 1.950m de altitude. Compondo a paisagem do complexo, seguem o pico do Bauzinho, com 1.760m e a pedra da Ana Chata, com 1.670m.





A trilha da Pedra do Baú possui aproximadamente 1,7km até a base da pedra, passando por bananeiras em sua subida íngreme e é bastante procurada pelo turismo de aventura, devido aos desafios da ferrata (620 degraus de ferro cravados na pedra) e sua inclinação que chega a 90 graus. São 340m de subida pela pedra, que dura aproximadamente 1h ou 1h30min dependendo do tamanho do grupo. Neste trecho é obrigatório o uso de equipamentos de segurança. Recomendada para pessoas com bom condicionamento físico e preparado para enfrentar o desafio nas alturas. Não indicado para pessoas que possuem acrofobia (fobia de altura).





A Pedra do Baú foi escalada pela primeira vez pelos irmãos Cortez, João e Antônio Teixeira de Sousa, em 12 de agosto de 1940, pela face Sul.


Após a subida dos dois irmãos, Antônio levou sua esposa, que ficou conhecida como a primeira mulher a escalar a pedra, e seus dois filhos.


Em 22 de junho de 1945 foi registrada a primeira descida de Antônio Cortez pela face Norte, com auxílio de cordas.





Em 30 de agosto de 1943, o empresário Luís Dumont Villares foi quem patrocinou a construção da primeira via ferrata de acesso à pedra, pela face Sul. Em 1945, também financiado pelo empresário, foi construída a via ferrata pela face Norte e iniciou-se a construção do primeiro abrigo de montanha do Brasil, no cume da Pedra do Baú. Vandalizado nos anos posteriores, o abrigo foi abandonado, e hoje, infelizmente, restam somente seus alicerces.



A trilha do Bauzinho é a mais acessível do complexo e tem aproximadamente 470m de ida e volta.






Já a trilha da pedra da Ana Chata possui um percurso de 3,8km ida e volta, feita por caminho em meio à Mata Atlântica e alguns trechos de escalaminhada. Tem outro acesso via Estacionamento Chico Bento, com 5,5km de extensão (ida e volta).






Segundo lenda da região, o Complexo do Baú é fruto do amor proibido entre irmãos, que viraram as rochas, depois de serem amaldiçoados. Esta lenda está registrada no livro “Amantikir” do fotógrafo e pesquisador Ricardo Martins e também é contada por moradores. Pela história, as pedras do Baú e Bauzinho representam um casal de irmãoes apaixonados e proibidos de viver o romance pela terceira irmã, a Pedra Ana Chata.


Pedra da Balança


A Serra da Balança é um antigo caminho de tropeiros, feito desde o bairro dos Serranos, em São Bento do Sapucaí, até o bairro dos Venâncios, em Gonçalves.

Para a Trilha da Pedra da Balança, subimos a estrada de terra sentido à Cachoeira do Tobogã. Placas indicam o início da trilha, que tem 6,5km de distância (ida e volta), com altitude máxima de 1.600m e duração aproximada de 2 horas e 30 minutos de caminhada, com trechos de pasto bastante íngremes.


Pedra da Onça




A Trilha da Onça começa e termina no bairro de Cantagalo. Com trilha estreita e parte considerável em meio à mata, adentra a área de Proteção Ambiental Fernão Dias, cruzando a divisa entre os Estados de São Paulo e Minas Gerais.





Tem percurso de 11km (ida e volta) e considerada de nível difícil, com altitude máxima de 1.603m e aproximadamente 5 horas de percurso.




Cachoeiras


Dos Amores


Localizada em uma propriedade particular no bairro Paiol Grande, sua trilha tem 6km (ida e volta) e tem nível fácil. Possui vários poções para banhos e muito procurada por famílias. Seu nome é resultado da constante visita por inúmeros casais que visitam a região.


Do Encontro


Pouco acima da cachoeira dos Amores, fica a Cachoeira do Encontro.


Tobogã


Cachoeira localizada no bairro Serrano, próximo à trilha da Pedra da Balança. Tem acesso gratuito, com piscina natural rasa.


Cachoeira do Poção


Possui dois pequenos poços e tem trilha de fácil acesso, próxima à cachoeira Tobogã.


Cachoeira do Toldi


Cachoeira mais alta do município, com 200m de atura. Possui um mirante na Estrada Paiol Grande de onde é possível avistá-la.


Turismo cultural


Mosaicos



Quem visita o município logo percebe que é repleto de coloridos mosaicos, obras dos artistas plásticos Ângelo Milani e Cláudia Vilar, atuais moradores de São Bento do Sapucaí. Iniciaram o trabalho na capela de Santa Cruz e depois, Capela do Mosaico I e II, na Casa da Cultura, nos muros da Escola Estadual Dr Genésio Cândido Pereira, Recanto Pereira e muitos outros locais.


Igrejas


Pela cidade o visitante encontrará a Igreja Matriz, Santo Antônio, Nossa Senhora do Rosário, Nossa Senhora dos Remédios e São Benedito.


Museu do Zé Pereira


Primeiro museu municipal de São Bento do Sapucaí, criado para preservar a tradição do famoso bloco de carnaval Zé Pereira, com a manifestação centenária dos seus bonecões carnavalescos.


Bairro do Quilombo


Destino cultural que reúne rica história dos quilombos da região. Possui uma Associação de artesanato dos moradores (Arte no Quilombo), o Ateliê Ditinho Joana (do famoso escultor e morador local), Museu da Revolução de 1932, Museu do Carro de Boi Quim Costa e apresentações de eventos.


Gastronomia


Além dos tradicionais e muito procurados restaurantes da cidade, como o Sabor da Serra, Lá na Roça, Restaurante Trincheira e Restaurante Pedra do Baú, a cidade possui famosa olivicultura (produção de azeite extravirgem OLIQ pelas fazendas Santo Antônio e São José do Coimbra), vinicultura (produção de vinhos pela Vinícola & Fazenda Portal de Luz e a Vinícola Villa Santa Maria) e cervejaria (Bauzera, que utiliza a água de riachos que descem a serra para a formação dos rios Sapucaí e Sapucaí-Mirim para a fabricação de suas cervejas artesanais).


Áudio Guia


Áudio disponibilizado pela prefeitura de São Bento do Sapucaí, permitindo conhecer a cidade através das memórias dos moradores. Segue o link para acesso:

https://soundcloud.com/museudamantiqueira/sets/audioguia-caminhos-da-memoria


São Bento do Sapucaí é uma cidade com exuberantes formações rochosas, cercada pela Mata Atlântica e nascentes de água, é um destino lindo e perfeito para conhecer! Visite esta cidade encantadora: certamente você irá se apaixonar!




Bibliografia e links interessantes:

https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Bento_do_Sapuca%C3%AD

https://www.saobentodosapucai.sp.gov.br/

https://rotaserochas.com.br/pedra-do-bau-historia/

http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/inverno/2016/noticia/2016/06/maldicao-transformou-tres-irmaos-no-complexo-da-pedra-do-bau-diz-lenda.html

http://www.tresorelhas.com.br/paginas/fotos-serra%20da%20balanca.htm

https://www.saobentodosapucai.sp.gov.br/site/wp-content/uploads/2016/07/guia-pratico-sbs.pdf

https://www.saobentodosapucai.sp.gov.br/site/servicos-em-sbs/cachoeira-dos-amores/

http://gosteidaviagem.com.br/2017/10/19/cachoeira-do-toldi-sao-bento-do-sapucai/

https://www1.folha.uol.com.br/folha/turismo/americadosul/brasil-sao_bento_do_sapucai.shtml


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo