Pedra da Gávea, encantos e mistérios

Atualizado: Abr 3





Localizada no Parque Nacional da Tijuca, a Pedra da Gávea é o maior monolito à beira mar do mundo, com 842m. Sua trilha é uma das mais bonitas e difíceis do Rio de Janeiro e o visual do topo permite o visual de toda a orla carioca (Zona Oeste e Zona Sul) e a mata da Floresta da Tijuca. Possui aproximadamente 1,6 km de trilha, e dependendo da disposição física, a duração da trilha pode variar, de 3 a 9 horas, ida e volta.




A presença de guias experientes para condução e ascensão aos trechos via Carrasqueira (via mais tradicional, com um paredão de aproximadamente 30m de altura) ou pela P4, com local de pequena escalada, passando pela famosa Garganta do Céu, é imprescindível. Das inúmeras vezes que estive na Pedra da Gávea, escolhi estar com a equipe da Desafio Adventure ou a equipe da Vertical Zone no Brasil.

Trecho Garganta do Céu com a Desafio Adventure


História

Fonte: Wikipedia

O nome Gávea originou-se da sua silhueta, semelhante a um cesto de gávea (cesto de observação das grandes embarcações), e foi dado durante a expedição do capitão Gaspar de Lemos e Américo Vespúcio que navegava próximo à região da atual Baía de Guanabara.


As trilhas na montanha foram abertas pela população agrícola no local nos anos de 1800. As primeiras expedições em seu topo foram empreendidas em 1830.


Conhecida como “Rosto ou cabeça do Imperador”, o lado da Pedra oposto ao mar, aparenta o formato de um rosto, e por isso era chamado pelos índios de metaracanga (cabeça enfeitada).




A meteorização diferenciada de um dos lados da rocha criou o que é descrito como “um rosto humano estilizado”.


Lendas


A Pedra da Gávea possui inúmeras lendas, e muitas histórias envolvidas.


Existem afirmações de que o topo da Pedra lembraria uma esfinge de um gigante alado fenício.



Fonte: Saga Transcarioca

Teorias alternativas dizem que o rosto, ao qual se assemelha a Pedra, foi feito por atividades extraterrestres.


No século XIX, pesquisadores do IHGB (Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro) encontrou marcas na rocha, em seu lado direito, interpretadas como resquícios de inscrições fenícias antiquíssimas.


Fonte: Guia Viajar Melhor


Embora muitos acreditem que as marcas na Pedra sejam apenas sinais de desgaste natural, muitos presumem que de fato, a vinda dos fenícios é verídica e creditam estas marcas à eles, como o historiador e escritor Ludwing Schwennhagen e arqueólogo Bernardo Ramos.


Fonte: Myskle

Alguns defendem que a Pedra da Gávea seria um portal para outras dimensões e entrada para cidades subterrâneas, cuja entrada seria o Portal de Agartha, localizado na face oposta às inscrições.


Esse imenso império subterrâneo abarcaria vários milhões de quilômetros de extensão e teria milhões de habitantes espalhados por várias cidades.


No filme “Os Trapalhões na Terra dos Monstros”, o quarteto cai num buraco na Pedra da Gávea que é povoado por estranhas criaturas, algumas boas, os Grunks, e outras más, os Barks.


Filme "Os Trapalhões na Terra dos Monstros" filmado na Gávea

O imenso Portal de Agartha também representaria a entrada para o túmulo de Badhezir, onde teria sido enterrado o rei fenício. Foi pesquisado, e expedições posteriores não encontraram nenhum túmulo.


A entrada para o túmulo de Badhezir, segundo alguns, mas para a grande maioria dos místicos, é uma grande cavidade no formato de um paralelepípedo de 15 metros de altura, 7m de largura e 2m de recuo, representaria a entrada para o Reino subterrâneo de Agartha.


Portal de Agartha (Fonte: Rio Ecoesporte)


Há vários fatos intrigantes que reforçam a tese de que o Rei fenício teria sido enterrado no alto da Pedra da Gávea, e que seu cume representaria sua esfinge:

· A inegável aparência de um rosto humano munido de elmo e barbas em uma das faces da montanha.

· A semelhança do topo do morro com um sarcófago gigante.

· A disposição de pedras gigantes no cume da cabeça do imperador numa figura de semi-círculo, ou triângulo dando a entender que uma coroa de pedra teria sido erguida ali


Alguns dizem que a Pedra da Gávea é protegida por poderes cósmicos independentes. Em 1937, dois cientistas foram submetidos a uma análise clínica depois de passarem uma noite na pedra, onde alegaram ter visto “uma luz verde” saindo das lacunas de todo o portal, de onde viram muitas estátuas humanas em seu interior.


Outra história muito louca envolvendo a Pedra da Gávea estaria ligado à uma gruta tipo sifão localizada na parte em que o maciço rochoso se encontra com o mar. Parte da gruta estaria localizada acima do nível do mar, e lá dentro, sairia das águas uma escada imensa que adentraria as profundezas da montanha. Consta que dois mergulhadores de pesca submarina ao encontrar esta gruta, subiram a escada e assim como os aventureiros da luz verde, perderam os sentidos. Quando acordaram estavam no topo da montanha a 842 metros de altitude.


Fonte: Saga Transcarioca


Por toda a sua história e lendas, mas principalmente por sua beleza e vista panorâmica de encher os olhos de seu cume, a visita à Pedra da Gávea deve, obrigatoriamente, estar na sua lista de locais encantadores para se visitar!


Eu fazendo um rapel no Rosto do Imperador


Planeje sua visita, com acompanhamento de guias, e divirta-se!



Bibliografia e links interessantes:


https://etrilhas.com.br/trilhas/trilha-da-pedra-da-gavea


https://www.almacarioca.com.br/hist02.htm


https://pt.wikipedia.org/wiki/Pedra_da_G%C3%A1vea


https://clubebrasileirodetrensfantasmas.blogspot.com/2016/01/a-lenda-da-pedra-da-gavea-rio-de.html


http://terralimpatv.blogspot.com/2010/03/lendas-e-historias.html


https://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/viajologia/noticia/2014/01/carrasqueira-e-o-maior-desafio-da-trilha-da-bpedra-da-gaveab.html


https://diariodorio.com/mistrios-rondam-as-pedras-do-rio/


https://guiaviajarmelhor.com.br/os-misterio-da-pedra-da-gavea/


https://myskle.com/blog/misterios-da-pedra-da-gavea/


http://www.alemdaimaginacao.com/Noticias/os_misterios_da_pedra_da_gavea.html


http://sagatranscarioca.com/misterios-da-pedra-da-gavea/

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo