Minas Gerais, Uai!

Como diria um bom mineiro: “Minas tem tudin di bão uai”... E tem mesmo!



Situado na Região Sudeste do Brasil, Minas Gerais é o segundo Estado brasileiro em quantidade de habitantes (21.292.666 habitantes, estimado em 2020), o quarto Estado brasileiro em extensão territorial (586.513,993 km² - IBGE 2020) e possui 853 municípios. O Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) divide Minas Gerais em 12 mesorregiões e 66 microrregiões.



Estão em sua extensão parte da Chapada Diamantina, Serra da Canastra, Serra do Caparaó, Serra do Espinhaço, parte da Serra da Mantiqueira e Serra do Lenheiro. Sua cobertura vegetal tem 4 biomas principais: Mata Seca, Mata Atlântica, Cerrado e Campos Rupestres. Possui inúmeras e importantes nascentes d’água (o que dá título ao Estado como caixa d’água do Brasil): são 17 bacias hidrográficas federais existentes, dentre as quais estão a bacia do Rio Doce, Rio Grande, Rio Paranaíba, Rio São Francisco e o Rio Jequitinhonha.


Turismo


Com toda sua extensão e abrangendo os mais diversos cenários naturais pela abundância de água e altas altitudes, Minas Gerais é um destino muito procurado pelos turistas e tem muitos locais a serem descobertos: “é terra pra mai de metro e tem muito trem bão!”



Capitólio, Carrancas, São Tomé das Letras, Poços de Caldas e Monte Verde ainda estão entre destinos muito procurados em Minas Gerais. Mas muito além destes, outros também são procurados:


Aiuruoca



Município localizado no Sul de Minas Gerais, a 989 m de altitude.


Pico do Papagaio


Seu nome deriva do Tupi-Guarani e significa "Casa do Papagaio do peito roxo"( aîuru = papagaio do peito roxo e oka = casa).


Cachoeira do Fundão


Aiuruoca faz parte do circuito turístico Terras Altas da Mantiqueira e possui muitas belezas naturais. Devido à sua altitude e rica hidrografia (cujos principais afluentes são os ribeirões Tamanduá, do Papagaio e Água Preta), atrativos mais procurados são: o Pico do Papagaio (2.105 m), Retiro dos Pedros (2.200 m), o Vale dos Garcias e outras inúmeras cachoeiras, como a Cachoeira Deus me Livre e a Cachoeira do Fundão.


Lima Duarte




Município localizado no interior de Minas Gerais, pertencente à Mesorregião da Zona da Mata e Microrregião de Juiz de Fora. Lima Duarte é subdividida em quatro distritos, sendo eles a Sede, São Domingos da Bocaina, Conceição do Ibitipoca e São José dos Lopes.



Tem este nome em homenagem a um médico e político de Barbacena chamado José Rodrigues de Lima Duarte, que muito contribuiu para a emancipação do município.

Região predominantemente montanhosa e banhada por vários rios e córregos (Rio do Peixe, Rio Grão-Mongol e Rio do Salto como os principais), possui mais de 70 cachoeiras com suas águas coloridas, grutas e a famosa Janela do Céu, que pertence ao Parque Estadual do Ibitipoca, onde predominam os campos rupestres com afloramentos quartzíticos.



Serra da Canastra



O Parque Nacional da Serra da Canastra foi criado em 1972 e abrange os municípios de São Roque de Minas, Sacramento, Delfinópolis, São João Batista do Glória, Capitólio e Vargem Bonita, no sudoeste de Minas Gerais.




Sua área reúne dois maciços: a Serra da Canastra e a Serra das Sete Voltas e fica situado no divisor de duas bacias hidrográficas: a do Rio São Francisco e a do Rio Paraná. Suas altitudes variam de 900 a 1496 m, com predominância de vegetação do tipo campos rupestres, matas ciliares e cerrado.


Toda esta região é um grande atrativo para o Turismo de Aventura e o Ecoturismo. Os chapadões de rocha, as inúmeras cachoeiras, como a famosa Cachoeira da Casca D’anta (186 m de altura) e trilhas fazem desta região uma das mais procuradas para visitação em Minas Gerais.


Tiradentes e São João del Rei



Cidades históricas fundadas no começo do século XVIII, são muito conhecidas pela sua arquitetura da era colonial barroca, igrejas deslumbrantes, artesanato e culinária.

O trem Maria Fumaça é o mais antigo em operação no país, e transporta passageiros entre as duas cidades.



Os principais atrativos turísticos naturais da região são a Serra de São José e a Serra do Lenheiro.



A Serra de São José está inserida na Área de Proteção Ambiental (APA) São José, criada em 1990, com 5.000 hectares, e abrange cinco municípios: Tiradentes, São João Del Rei, Santa Cruz de Minas, Prados e Coronel Xavier Chaves.


Ouro Preto



Antiga cidade de Vila Rica que se tornou importante na época colonial, onde a corrida do ouro era uma busca incessante a partir do século XVII, a cidade hoje chamada de Ouro Preto tem uma rica história e é bastante procurada por turistas, pois reúne importante acervo arquitetônico da época colonial e foi palco da Inconfidência Mineira. Foi uma das primeiras cidades escolhidas no mundo pela Unesco, em 1980, para ser protegida como Patrimônio da Humanidade.






A cidade de Ouro Preto tem este nome porque as pepitas de ouro quando encontradas no rio eram de superfície escura; somente depois de fundidas revelavam a cor amarela do ouro. Vila Rica foi a primeira capital de Minas Gerais em 1721. Somente em 1897 a sede passou a ser Belo Horizonte.


Além dos atrativos históricos, a cidade oferece vocação artística com muitas feiras e lojas de artesanato distribuídas em suas ruas em ladeira, e existe uma programação cultural muito rica na cidade, com festivais de música, mostras de cinema e o carnaval, por exemplo. E como não pode deixar de ter, os atrativos naturais na região também são muito procurados: o Parque Estadual do Itacolomi, o Parque Natural Municipal das Andorinhas, Floresta Estadual Uaimii e muitas cachoeiras.




Para os turistas que forem até Ouro Preto, vale a pena conhecer as localidades próximas, como a cidade histórica de Mariana, Lavras Novas e Catas Altas, com o belo e atrativo Santuário do Caraça e o Bicame das Pedras, arqueduto formado de pedras erguido por escravos para transportas água de Caraça até Brumado.



A caminho da cidade de Mariana, encontra- se a Mina da Passagem, mina utilizada para exploração das pedras preciosas e metais, a única mina industrial aberta à visitação na região.


Serra do Caparaó



O Parque Nacional do Caparaó está localizado região serrana que faz divisa de Minas Gerais e o Espírito Santo, abrangendo o terceiro ponto mais alto do Brasil e o ponto mais alto do Estado de Minas Gerais: o Pico da Bandeira (2.891 m).



Adeptos da prática do montanhismo e trekking buscam a região pelas altas altitudes, além das cachoeiras e piscinas naturais.


Serra do Cipó



Antigo Cardeal Mota, a Serra do Cipó é um distrito do município de Santana do Riacho e tem a porta de entrada principal do Parque Nacional da Serra do Cipó, possuindo atrativos dos mais diversos: inúmeras trilhas, cachoeiras, cânions, morros, além de uma diversidade animal e vegetal muito grande.



Para quem visita a região, vale a pena conhecer também a cidade de Ipoema, com suas inúmeras cachoeiras e a Serra dos Alves, próximo de Altamira, com inúmeras trilhas.

Praticantes e amantes de trekking procuram bastante a região para a realização de travessias (trekking de longa extensão com camping), como as famosas Lapinha-Tabuleiro e Alto do Palácio-Serra dos Alves.



Diamantina


Município localizado na mesorregião do Jequitinhonha, Diamantina representou a maior lavra de diamantes do mundo ocidental no século XVIII e é o munícipio mais populoso do Vale do Jequitinhonha.


(Fonte: Turismo de Minas)


Emoldurada pela Serra dos Cristais, a cidade está a uma altitude média de 1.280 m, é banhada pelo rio Jequitinhonha e seus afluentes, e subafluentes do rio São Francisco.

Tem destaque na região o Parque Estadual do Biribi, onde se destacam cachoeiras como a dos Cristais e da Sentinela.


(Fonte: Prefeitura Municipal de Diamantina)


Ainda próximo à região, vale a pena a visita à cidade de Milho Verde e Serro, visitando o parque Estadual do Itambé, com destaque ao Pico do Itambé, com 2.002 m de altitude.



Minas Gerais tem esse “mundão” de locais bastante visitados, e certeza que tem muito mais em toda a sua extensão, ainda desconhecidos e pouco visitados.


Não deixe de conhecer todos esses locais citados!


Minas Gerais é “tudin di bão”!



Bibliografia e links interessantes:

https://www.mg.gov.br/

https://pt.wikipedia.org/wiki/Minas_Gerais

https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mg

https://magazine.trivago.com.br/lugares-para-viajar-minas-gerais/

https://www.aiuruoca.mg.gov.br/sedesa/portal/

https://www.aiuruoca.mg.gov.br/sedesa/portal/

https://aiuruocaminas.com.br/un-portfolio/vale-dos-garcias

https://www.ibitipoca.tur.br/

https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mg/lima-duarte/historico

https://pt.wikipedia.org/wiki/Lima_Duarte_(Minas_Gerais)

https://g1.globo.com/turismo-e-viagem/descubra-o-brasil/noticia/2020/12/12/lima-duarte-em-mg-tem-cachoeiras-rios-coloridos-e-janela-do-ceu.ghtml

https://www.serradacanastra.com.br/

https://www.icmbio.gov.br/portal/images/stories/imgs-unidades-coservacao/pm_parna_serra_canastra_1.pdf

https://www.icmbio.gov.br/portal/visitacao1/unidades-abertas-a-visitacao/198-parque-nacional-da-serra-da-canastra

https://www.villaalferes.com.br/serra-de-sao-jose

https://pt.wikipedia.org/wiki/Serra_do_Espinha%C3%A7o

http://www.serradoespinhaco.com.br/serra-do-espinhaco

https://www.icmbio.gov.br/portal/ultimas-noticias/20-geral/9768-serra-do-espinhaco-tera-trilha-de-longo-curso

https://altamontanha.com/nossas-serras-7-25-o-espinhaco/

https://www.turismoouropreto.com/maria-fumaca

https://www.ouropreto.mg.gov.br/

https://viagemeturismo.abril.com.br/cidades/ouro-preto/

https://www.mg.gov.br/conteudo/conheca-minas/turismo/cidade-de-ouro-preto#:~:text=Sua%20origem%20data%20da%20%C3%BAltima,%2C%20revelava%2Dse%20o%20amarelo.

https://www.viajali.com.br/turismo-minas-gerais-cenarios/

https://pt.wikipedia.org/wiki/Serra_do_Capara%C3%B3

https://www.icmbio.gov.br/parnacaparao/guia-do-visitante.html

https://www.altocaparao.mg.gov.br/atrativos.html

https://altamontanha.com/nossas-serras-5-25-o-caparao/

http://www.institutoestradareal.com.br/cidades/milho-verde/49

https://pt.wikipedia.org/wiki/Diamantina

https://turismodeminas.com.br/cidades/diamantina-2/

https://pt.wikipedia.org/wiki/Serra_do_Cip%C3%B3_(distrito)

http://www.serradocipo.com/

https://www.icmbio.gov.br/parnaserradocipo/guia-do-visitante.html

https://www.melhoresdestinos.com.br/serra-do-cipo-minas-gerais.html

https://www.acessa.com/turismo/circuitosdeminas/

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo