Bem-vindos

Atualizado: Jan 16



Olá, sou Tati Arita, tenho 40 anos e resolvi criar este blog para contar a vocês um pouquinho da minha história de TRILHAS e AVENTURAS, além de outros temas pelos quais acho interessante ou sou apaixonada: SAÚDE, ANIMAIS e outras DICAS GERAIS.

Na realidade, desde pequena estou acostumada a fazer viagens com minha família. Viajar sempre esteve em meu sangue! Conheci um pouquinho do Sul (Londrina, Curitiba, Paranavaí, Caioba), interior (Campos do Jordão, Ibiúna, Embu das Artes, Itapecerica da Serra, Amparo, Serra Negra) e litoral (Caraguatatuba, Ubatuba, Bertioga, Guarujá) de São Paulo em viagens de carro com meus pais e minhas irmãs (meu irmão não havia nascido nesta época). Minha mãe era uma das pessoas que organizava as viagens em família: providenciava o aluguel da casa e juntávamos também tios, tias e primos. Vivíamos bem naquela época, como muitos viviam. Mas a partir de minha adolescência, vieram crises financeiras, separação dos meus pais, ida de parte de minha família ao Japão, falecimento de meu padrinho, meu avô paterno, madrinha e avós tanto materna quanto paterna... Família sempre foi para mim tudo o que existe de mais importante no mundo. E vê-la se desfazer foi extremamente difícil... Ganhei peso, trabalhava, estudava, cuidava da casa e cuidei do meu irmão caçula dos 9 aos 15 anos de idade. Em muitos momentos me sentia muito sozinha, principalmente porque minha principal base familiar (meus pais) estavam simplesmente do outro lado do mundo (Japão). Entrei assim num período de depressão em minha vida e precisava reverter esta situação. Fiz alguns anos de terapia, mas somente depois descobri que a melhor terapia eram as viagens e um mundo inteiro ainda de SONHOS, EXPECTATIVAS BOAS e DESCOBERTAS que ainda tinha a fazer!

Entrei neste MUNDO INCRÍVEL de TRILHAS há mais ou menos uns 6 anos atrás, por insistência de uma amiga minha, irmã-amiga e também, psicóloga. Amém! Hahaha.

Estar com a natureza me fez reconectar com meu verdadeiro EU, e me fez sentir mais perto de minha família, mesmo que a distância física não permitisse: me fez ficar FELIZ, algo que não sentia há algum tempo, e essa sensação me fazia relembrar de todos os maravilhosos momentos que tive com minha família!! Subir uma montanha, entrar numa cachoeira, conhecer novos horizontes, respirar o ar puro... SENSAÇÕES INDESCRITÍVEIS, que todos deveriam sentir!


Meu início


Certa tarde, minha amiga-irmã Néia resolveu me apresentar um distrito do município de Santo André, chamado Paranapiacaba. Era já depois do horário de almoço, quando nos falamos e resolvemos ir para lá. Nos encontramos no metrô Jabaquara, na zona Sul de São Paulo, e seguimos rumo ao trem com destino a Rio Grande da Serra. Chegamos em Paranapiacaba por volta das 15 horas, e descobri naquele dia, que esse era o horário de partir do distrito, uma vez que a neblina neste horário normalmente já cobre toda a cidade, por se tratar de uma região que faz parte da Serra do Mar. Fomos somente até a ponte da cidade e me senti no ALÉM, literalmente NAS NUVENS, hahaha.

Numa outra manhã ensolarada, voltamos para, de fato, conhecer a cidade. Chegamos bem cedo para aproveitarmos o dia. Chegando na Vila, avistamos algumas pessoas de mochila, logo em frente ao famoso Bar da Zilda e questionamos aonde iam. Nos disseram que estavam com o Guia Losano e iam trilhar. Empolgadas, eu e a Néia fomos conversar com o guia e nos incluímos no grupo para trilhar. Na verdade, eu nem me lembro bem do nome da primeira trilha que fiz, mas sei que andamos do centro da cidade para algum lugar não muito distante, passando por estradas de terra alternadas com mata e chegamos em uma queda improvisada de água, onde pela primeira vez, me banhei e me deliciei!

Sei que foi um dia incrível para mim, pois vivia em meu quarto TODOS OS FINAIS DE SEMANA! Aquele dia me despertou para um mundo que eu desconhecia, e me inseriu nesse mundo do qual eu não consegui mais me desconectar! MEU MUITO OBRIGADA, Néia!


Eu e minha amiga-irmã Neia, iniciando no mundo das Trilhas


Dedico este blog aos que sempre me inspiram em viagens e MINHA VIDA: MINHA FAMÍLIA (minha mãezinha Maria, meu paizinho Nelson, minhas irmãs Karissa e Lissa, meu irmão caçula Xan, meus falecidos padrinhos tia Mamy e tio Tião, minhas primas-irmãs Vane e Juliana, minhas sobrinhas lindas, meus avós falecidos, e tios e tias) meus muitos AMIGOS que fiz após várias viagens, MEUS FILHOS bichinhos de estimação que estiveram ao meu lado por todo o tempo que precisei, MEU COMPANHEIRO de vida e à VOCÊ, que espero INSPIRAR e desejar SENTIR todas as belíssimas e surpreendentes sensações que as viagens e trilhas me oferecem! Sejam MUITO BEM-VINDOS!


















48 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo