Aventura Total: Esportes Radicais

Atualizado: Mar 19






Na maioria das vezes as pessoas têm o receio da prática de esportes radicais, principalmente porque SER RADICAL afasta do que é tradicional ou usual: é algo difícil que exige destreza e coragem. O simples fato de se ler RADICAL, incita o medo, mesmo sem nunca ter se praticado a modalidade.


(Fonte: Wow Paraquedismo)


De fato, esportes radicais implicam sim em experiências desafiadoras, mas lidamos com sensações inexplicáveis, e que também, nos auxiliam com questões de saúde mental e física:


- Gera ADRENALINA, aumenta a endorfina;


- ALIVIA O ESTRESSE;


- Estimula ENCARAR O MEDO (que nos impede de realizarmos diversos sonhos ou desejos);


- Sensação novas são despertadas: LIBERDADE, CORAGEM, CONFIANÇA;


- Inserimos em nossa vida a SUPERAÇÃO (alcançar algo grandioso e extraordinário é gratificante e estimula assim ter mais metas e o desejo de alcançá-las);


- Gera uma NOVA PERSPECTIVA do mundo;


- Aumenta a FORÇA MUSCULAR em partes do corpo, de acordo com a modalidade;


- EQUILÍBRIO e CONCENTRAÇÃO são explorados e exigidos;


- A nova experiência gera EMOÇÃO; o que seria de nossas vidas sem emoção e aventuras?


Meu primeiro salto de paraquedas


Assim, entra neste cenário o Turismo de Aventura, abrangendo práticas de atividades de aventura de cunho recreativo, agregando ainda mais as experiências do Ecoturismo, que visa a interação, contemplação e conservação da natureza.


Devemos lembrar que os esportes radicais não envolvem situações de perigo, justamente porque, se praticados com empresas responsáveis e que seguem todas as normas de segurança, os riscos são controláveis e bem avaliados.


ESPORTES AÉREOS


São aqueles praticados em altura.


PARAQUEDISMO


(Fonte: Webadventure)


Prática onde os desportistas saltam de aeronaves ou pontos altos fixos, entrando em queda livre e fazem uso de paraquedas. Envolve a queda livre de 12 mil pés em uma velocidade aproximada de 200 km/h. Após a abertura do paraquedas, tem um tempo de queda calma e relativamente curto até o pouso.


Meu segundo salto de paraquedas


Existem registros de acrobatas chineses que saltavam de muralhas e torres com um item semelhante a um guarda-chuva, em 1306, para amortecer a queda, facilitando a chegada ao solo. A patente do paraquedas foi registrada em 1783 por Sebatian Lenormand. Mas o primeiro paraquedista do mundo só surgiria em 1797: Andre-Jacques Garnerin que realizou diversos saltos.


BASE JUMPING


(Fonte: Wikipedia)


Variação do paraquedismo, que envolve saltos de pontos ou lugares altos e fixos (penhascos, pontes, prédios, torres), com a utilização de paraquedas. Em 1970 o paraquedista Don Boyles realizou o primeiro salto de Base Jumping no mundo: salto a partir de uma ponte no Colorado (EUA) a 321m de altura, iniciando assim, a história desse esporte radical.


WINGSUIT


(Fonte: Lift Off Adventure)


O wingsuit é uma modalidade cujo traje (macacão com uma espécie de asas) permite aos seus praticantes a sensação de voar. Variante do paraquedismo, por utilizar o paraquedas para o pouso, a velocidade da queda é de aproximadamente 50km/h, permitindo que o praticante tenta um controle maior de suas manobras. Indicado somente para atletas profissionais.


No dia 04 de fevereiro de 1912, o austríaco Franz Reichelt realizou a primeira tentativa de voo com asas: pulou da torre Eiffel para testar uma combinação de paraquedas e asa criado por ele, culminando em um acidente fatal. Mais tarde, na década de 30 do século XX, surgiram os primeiros trajes de wingsuit.


PARAPENTE (português ou francês) ou PARAGLYDER (inglês)


(Fonte: CBVL - Confederação Brasileira de Voo Livre)


Prática que utiliza uma aeronave em forma de um semicírculo inflável (formato de asas), feito com linhas e tecido, para voo livre. Nela o esportista faz um voo dinâmico sentado e tem um controle maior do voo de acordo com as correntes de ar. O nome deriva do francês PARA PENT, traduzido como voo de encosta. Este esporte nasceu com alpinistas tentando adaptar alguns paraquedas para decolarem das encostas após a escalada, facilitando a descida.


ASA DELTA


(Fonte: Viator)


Esta prática utiliza uma aeronave com estrutura tubular rígida de alumínio e tecido, em formato triangular que funciona como superfície que sofre forças aerodinâmicas. O praticante fica na posição deitada, de barriga para baixo. A decolagem, o voo e o pouso são mais rápidos que no parapente.


BUNGEE JUMPING



(Fonte: Riverstone Camps)



Atividade onde o praticante, amarrado com uma corda elástica nos tornozelos ou na cintura, salta de altura elevada (guindastes, pontes, balões, helicópteros). Esta prática é derivada do Naghol, um esporte radical praticado pelos rapazes da Ilha de Pentecostes, em Vanuatu, na Oceania, como uma espécie de prova de iniciação: um rito para que sejam considerados adultos: saltos eram realizados do alto de uma torre de madeira de 30m, amarrados pelos tornozelos por um tipo de cipó.


TIROLESA


(Fonte: Desbrave o Mundo)



Mega Tirolesa Pedra Bela


Prática que consiste em um cabo aéreo ancorado entre dois pontos, pelo qual o praticante se desloca através de roldanas, permitindo a sensação de sobrevoar. Criada na região de Tirol, na Áustria, era utilizada inicialmente para a travessia de pessoas, animais e mantimentos sob os rios e montanhas da região. Em meados do século XIX se tornou um meio de transporte seguro e eficaz, devido à guerra por toda a Europa.


SLACKLINE


(Fonte: Tecmundo)


Atividade de equilíbrio sobre uma fita elástica esticada entre dois pontos fixos, permitindo que o praticante ande e faça manobras sobre a fita. Pode ser praticada em parques, com as extremidades amarradas em árvores, e também entre pontos elevados, como entre prédios, montanhas, pontes. Sua prática tem início nos anos 80, nos campos de escalada do Vale de Yosemite, EUA, onde os escaladores, em seu tempo vago, esticavam suas fitas de escalada para equilibrar-se e caminhar.


ARVORISMO



Prática realizada em um percurso suspenso através de plataformas presas às árvores. Chamado pelos ingleses de CANOPY, traduzindo para o português, cobertura ou toldo, é o esporte realizado literalmente na copa das árvores. Nelas são feitas trilhas que exigem coordenação motora, equilíbrio e concentração. A história mais difundida sobre sua origem remonta os anos 80, na Costa Rica, onde cientistas que pesquisavam a fauna e flora de cima das árvores, decidiram criar uma forma para facilitar a circulação entre os galhos e copas das árvores, evitando assim descidas e subidas constantes.

ATIVIDADES VERTICAIS


Esportes não necessariamente aéreos, mas também praticados em altura.


ESCALADA


(Fonte: Red Bull)


Prática de escalar paredes ou rochas, com objetivo de atingir um cume de uma face rochosa ou um ponto final, com a utilização de equipamentos específicos de escalada. Tem sua origem nos Alpes, século XVIII, quando os alpinistas queriam conquistar as montanhas pelos caminhos mais difíceis.


ALPINISMO


(Fonte: Isto é)


É uma atividade desportiva de ascensão em picos, montanhas, rochas escarpadas e similares, acima dos 2.500m de altitude, que exige equipamentos de montanha apropriados, diferente do montanhismo, que se refere à prática de marcha em montanhas de média ou baixa altitude.


Também conhecido como Escalada Alpina, é um tipo mais difícil de escalada, pois são necessários técnicas de escalada em rocha, neve e gelo, e também conhecimentos em técnicas de sobrevivência.


RAPEL


(Fonte: Apuarama Rafting)






Desporto praticado com a utilização de cordas e equipamentos adequados para descida e ascensão, em superfícies verticais, paredões, vertente, vãos livres e cachoeira (conhecido como cascading).




Atividade criada a partir das técnicas de alpinismo. Tem origem na palavra francesa RAPPEL, que significa “chamar” ou “recuperar”. Jean Charlet-Stranton, por volta de 1879, explicava a técnica "je tirais vivement par ses bouts la corde qui, on se le rappelle...." (em tradução livre "quando chegava perto de meus companheiros, eu fortemente puxava a corda através de uma de suas pontas e a trazia de volta para mim..."), ou seja, ele “chamava” a corda de volta ao terminar a escalada e a descida de uma montanha ou pico.



ESPORTES AQUÁTICOS


CANYONING


(Fonte: Blog Solo Outdoor & Travel)


Desporto que consiste na exploração progressiva de um rio, cânions e desfiladeiros, transpondo os obstáculos verticais: inclui caminhadas, práticas de rapel, saltos entre outros. Tem sua origem na França e Espanha, com as expedições do hidrogeólogo francês Edouard Alfred Martel, contratado pelo governo francês para explorar cânions, gargantas e cavernas no maciço dos Pirineus entre a França e a Espanha. Existem outros nomes ligados à atividade, mas Martel é o mais notório, porque disciplinou essa atividade, deu um nome e criou uma nova ciência: a espeleologia.


RAFTING


(Fonte: Pikilist)



Rafting em Brotas


Desporto de aventura em equipe baseado na prática de descida em corredeiras e cachoeiras de rios, utilizando botes infláveis e equipamentos de segurança. Tem como objetivo atravessar os obstáculos naturais do trajeto, como redemoinhos, ondas, pedras entre outros. A palavra rafting vem do inglês e significa balsa. Sua história tem início em 1842, quando Lieutenant John Fremont, do exército americano, fez suas primeiras expedições utilizando um barco, com 4 compartimentos separados com tecido e borracha da Índia, e seu fundo liso, suspenso e retangular, desenhado por Horace H Day, chamado de Air Army Boat.


KITESURF


(Fonte: Gokite)


Esporte onde o praticante fica em cima de uma prancha e é puxado por uma pipa. Tem sua origem milenar, com os chineses utilizando pipas para transportar cargas em embarcações e depois, americanos utilizando-os para puxar carroças.


Um dos precursores do kitesurf foi o suíço Andréas Kuhn, em meados dos anos 70, utilizando uma vela de parapente e uma prancha similar à de wake para surfar sobre a água.


WAKEBOARD


(Fonte: Navis)


Prática no qual o esportista fica sobre uma prancha e é puxado por uma lancha, realizando manobras e ações parecidas com o snowboard. O norte-americano Tony Finn inventou o primeiro wakeboard primitivo, em 1979 era chamado “skurfing”, no qual os surfistas locais eram rebocados por barcos.


HIDROFLYNG (Flyboard)


(Fonte: Virgula)


Esporte radical aquático que usa uma espécie de prancha conectada a uma mangueira ligada a uma moto aquática. O jato de água manda a pessoa para cima oferecendo uma sensação quase de voo. Inventada por um piloto francês de embarcações aquáticas Franky Zapata em outubro de 2012.


MERGULHO


(Fonte: Aviesp)





Para muitos o mergulho é uma prática esportiva bastante tranquila. Mas para quem nunca participou desta modalidade esportiva, ela já gera adrenalina logo no início, pois tem-se antes da prática, suas primeiras instruções, e a principal e mais desafiadora delas é aprender a respirar debaixo da água através do snorkel e os cilindros de oxigênio. E existem ainda outros equipamentos que fazem parte deste esporte: óculos protetores, roupa de tecido Neoprene (para a proteção do frio) e os pés de pato.


O mergulho é uma forma de conhecer um outro mundo, o marinho, totalmente novo e encantador. Tem sua origem na antiguidade, quando utilizavam a técnica para resgate de alimentos e armamentos no fundo do mar. Em 4 mil a.c já existiam mergulhadores especializados em caçar pérolas nu fundo do mar, na Coréia e no Japão. As guerras são consideradas a causa principal para o desenvolvimento das técnicas de mergulho.

E então? Se identificou com algum destes esportes radicais?


Deu medo, não? Mas se tiver medo, vá com medo mesmo!



O que não podemos é deixar de fazer nesta vida algo que queremos ou temos vontade de fazer, porque, afinal, a vida é uma só, e não sabemos até quando vamos desfrutá-la, não é verdade?




Encare o desafio! Pesquise, agende, contrate pessoas de confiança e se jogue!




O máximo que pode acontecer é você não querer mais... ou se viciar na idéia de praticar todas as outras modalidades!!!


EXCELENTE AVENTURA!!!!


Bibliografia e links interessantes:

https://languages.oup.com/google-dictionary-pt/


https://pt.wikipedia.org/wiki/Turismo_de_aventura


https://www.paraquedismoskycompany.com.br/blog/esportes-no-ar/


http://p.download.uol.com.br/guiamaua/dt/Livro_Ecoturismo.pdf


https://www.conquistesuavida.com.br/noticia/esportes-aereos-5-atividades-de-voo-livre-para-quem-nao-tem-medo-de-altura_a6199/1


https://msvadventure.com.br/circuitos/tirolesa/#:~:text=A%20Tirolesa%20foi%20criada%20na,se%20tornou%20um%20meio%20de


https://www.paraquedismoskycompany.com.br/historia-do-paraquedismo/#:~:text=A%20hist%C3%B3ria%20do%20paraquedismo%20tem,queda%20e%20chegada%20ao%20solo.&text=Ele%20foi%20considerado%20como%20o%20precursor%20como%20projetista%20de%20um%20paraquedas.


https://freesider.com.br/esportes-radicais/tudo-que-voce-precisa-saber-sobre-base-jumping/#:~:text=Foi%20em%201970%20que%20o,de%20BASE%20jumping%20no%20mundo.&text=Os%20paraquedistas%20conceituaram%20o%20esporte,populariza%C3%A7%C3%A3o%20foi%20quest%C3%A3o%20de%20tempo.


https://habilidosas.com/esportes-radicais-aereos/


https://pt.wikipedia.org/wiki/Flyboard#:~:text=6%20Refer%C3%AAncias-,Hist%C3%B3ria,e%20fique%20est%C3%A1vel%20no%20ar.


https://rodoviariaonline.com.br/blog/turismo-de-aventura-como-pratica-lo/


https://pt.wikipedia.org/wiki/Wakeboard


https://localkiteboarding.com/news/a-historia-do-kitesurf#:~:text=O%20Kitesurf%20nasceu%20h%C3%A1%20muitos,esquis%20aqu%C3%A1ticos%2C%20patins%20e%20outros.


https://www1.folha.uol.com.br/folha/turismo/noticias/ult338u3717.shtml#:~:text=Segundo%20a%20vers%C3%A3o%20mais%20difundida,um%20galho%20para%20o%20outro.


https://pt.wikipedia.org/wiki/Balonismo


https://www.anac.gov.br/assuntos/paginas-tematicas/aerodesporto/balonismo


https://mundoeducacao.uol.com.br/educacao-fisica/balonismo.htm


https://www.actionfly.com.br/faq#:~:text=O%20Parapente%20utiliza%20tecidos%20e,mais%20r%C3%A1pidos%20que%20no%20Parapente.


https://www.voeduplo.com/asa-delta-x-parapente/


http://blog.solo.ind.br/blog/esportes/voce-sabe-o-que-e-arvorismo-conheca-mais-sobre-esse-esporte/


https://pt.wikipedia.org/wiki/Bungee_jumping


https://pt.wikipedia.org/wiki/Slackline


http://blog.solo.ind.br/blog/esportes/historia-da-escalada-conheca-5-curiosidades/#:~:text=A%20escalada%20surgiu%20como%20uma,do%20Mont%20Blanc%2C%20na%20Fran%C3%A7a.&text=Com%20o%20tempo%2C%20foram%20criadas,consolidando%20sua%20autonomia%20como%20esporte.


https://www.infopedia.pt/$escalada


https://pt.wikipedia.org/wiki/Alpinismo


https://pt.wikipedia.org/wiki/Escalada


http://www.rapelsp.com.br/modalidade-rapel


https://pt.wikipedia.org/wiki/Canyoning


https://www.efdeportes.com/efd111/o-canyoning-e-seu-espirito-desbravador.htm


https://blog.ventureshop.com.br/conheca-6-esportes-radicais-aquaticos/


https://freesider.com.br/esportes-radicais/os-10-melhores-esportes-radicais-aquaticos/


https://pt.wikipedia.org/wiki/Rafting


https://www.educamaisbrasil.com.br/enem/educacao-fisica/rafting


https://www.portalsaofrancisco.com.br/esportes/rafting


https://www.portalsaofrancisco.com.br/e

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo